Preserve a Vida
Plante uma Árvore

As árvores não servem apenas para deixar as ruas e praças mais bonitas. Elas são fundamentais para a qualidade do ar que respiramos, para a sobrevivência de muitos animais, além de nos fornecer materiais como a madeira, celulose para o papel, óleos, resinas, remédios e muitos outros.

A infiltração de água em solos com cobertura florestal é muito maior do que em solos descobertos, alimentando os lençóis freáticos, que formam as nascentes e os rios. A presença de árvores reduz o impacto causado pelas chuvas, evitando a erosão do solo e o conseqüente assoreamento dos recursos hídricos. Além disso, quando absorvida pelas plantas, a água volta à atmosfera em forma de vapor, pela transpiração das folhas, que também origina partículas necessárias (aerossóis) para que as nuvens se formem.

As árvores produzem oxigênio e absorvem gás carbônico (CO2), principal responsável pelo efeito estufa, deixando o ar que respiramos menos poluído. Elas purificam o ar, absorvem a umidade do solo e produzem sombras, evitando que as pessoas fiquem muito expostas aos raios solares. Também servem de barreira contra os ventos, som, chuvas fortes, enxurradas e filtram a poeira.

A arborização urbana e os outros elementos existentes na maioria dos centros urbanos (postes de iluminação pública, fiações, telefones públicos, placas de sinalização entre outros), convivem em desarmonia devido à ausência de planejamento tanto da arborização, quanto dos outros componentes desse espaço. Nenhum ambiente é mais alterado que o meio urbano, devido aos atuais modelos de edificações e loteamento do solo que restringem os espaços determinados às áreas verdes, por isso há a necessidade de um projeto de arborização urbana. Dentre os aspectos estudados encontra-se a escolha da espécie ideal, partindo do conhecimento das características da própria espécie e do local, técnicas de plantio, manutenção e de podas.

 
 
Parceiros:
 
Artes de Minas
GAMA - Grupo Amigos do Meio Ambiente
EPAMIG